12 maio, 2007

Mahalab, Aura Sonora

De que a música é o espelho da alma, muitos já ouviram falar. Mas imaginem uma música que não só reflete a alma de quem a faz, e que ao mesmo tempo seja como um espectro, enchendo de cor a alma de quem a sente. Assim me senti ouvindo Mahalab.
Banda de aura sonora, de sentimentos puros, profundos, que nos faz conectar com nosso eu e nosso mundo. Extrema autenticidade no trabalho autoral, caracterizando um estilo próprio original e ousado.
A voz de Jamila Maia preenche os espaços com leveza e suavidade, ao mesmo tempo que exprime força e grandiosidade.
Os dedos de Maurício Verderame deslizam pelo baixo como se tecessem um manto de estrelas (e de alguma forma, me fez chegar até elas!)
Pedro Moreno toca sua bateria como um grande pintor expressionista e suas telas.

Enfim, Mahalab me fez voar sem que eu precisasse, sequer, tirar os meus pés do chão!


http://mahalab.blogspot.com/

Um comentário:

Amanda disse...

hehehehe

assusta não amiga, não quero ser advogada... te conto pessoalmente!

besos cariño!